PINHEIRO, ANTÓNIO COSTA (1932)

Dados biográficos: Nasceu em Moura, em 1932.Já em Lisboa, estuda no Camões e depois na António Arroio.
Aí conviveu com F. Lemos, F. Azevedo, Vespeira, "… eu era o mais jovem." Com trabalhos ligados às Feiras Industriais, "..eu ia ganhando dinheiro. Depois do serviço militar, fui para Munique e aí, fui para a Academia de Belas-Artes.”, por, Adelino Gomes, in, Público, 5/5/2008.
Em 57, em Munique, com Bértholo, L. Castro, G. Duarte,(amigos de Lisboa), consegue uma bolsa do governo alemão. Com eles participa, na promoção do grupo e da revista KWY até 63.
Em 66,“…realizou,uma série de pinturas dedicadas aos reis de Portugal, adoptando o grafismo tradicional das cartas de jogar…”,R. M. Gonçalves,in A Arte Portuguesa no Sec. XX
Entre 69 e 76, abandonou a pintura. Longe do público e do mercado, por enjôo ou rebeldia, rejeita, também ser professor, nas Belas Artes de Dusseldorf e, o convite do director do Guggenheim, para que fosse para NY. Foi barman, fez projectos e modelos para a “Citymobil”, escreveu, ilustrou livros, fez cartões para tapeçarias....Mas continuava a pintar às escondidas.
“Um dia, surpreende todos com uma nova série.(...) sobre Pessoa. O êxito volta a ser enorme.(...) Depois,faz a série, “La Fenêtre de ma Tête”.(...) “auto-retrospectiva” do seu trabalho... nos anos... 60.”, Público, id.
“…Costa Pinheiro, um percurso fascinante de Moura a Lisboa, à prisão…, a Paris, a Munique e, agora, entre o barrocal algarvio e a capital bávara, imaginando passeios de namorados num parque verde e viagens no espaço estelar.”,in, Público, id.
Vive em Quelfes e mantém casa em Munique.

Código QR do URL: http://vart.pt/pinheiro-antonio-costa/

http://vart.pt/pinheiro-antonio-costa/

Não tem um leitor de código QR?
Faça o download em scan.me.