LANSKOY, ANDRÉ (1902-1976)

Dados biográficos: Nasceu em Moscovo, em 1902, filho do conde de Lanskoy. Foi aluno da escola “ des Pages”, em S.Petersburgo e, ao tempo da Revolução Bolchevique, servia no exército do Czar.
Começou a pintar em Kiev, aproveitando os conselhos de Serguei Soudéikine, pintor da moda.
Em 1921,chega a Paris, onde frequenta a academia da “Grande Chaumière”. Descobre a obra de Van Gohg e Matisse . Junta-se a outros expatriados russos, nomeadamente, Lariolov e Soutine , de quem sofre influência, em particular, nas figuras e naturezas mortas, de cariz expressionista.
“As suas primeiras pinturas, cenas de interior, naturezas mortas, retratos, caracterizavam-se por um desenho populista de cores alegres, ainda, tipicamente eslavas.(…) Nos guaches de 39, libertava já a cor da sua função imitativa, em proveito, das suas capacidades de expressão imediata. No entanto, não foi senão depois dos anos de guerra, que a abstracção da forma (frente) à realidade, vence, no conjunto da sua obra. Da arte popular russa e do cerimonial religioso conservou a predominância da cor sobre a forma.(…) sempre recusou o dualismo maniqueísta (…): Figuração/ Abstracção, afirmando a unidade de natureza, entre a pintura figurativa e a pintura abstracta “ E. Benezit, in Dictionnaire des Peintres, Sculpteurs, Dessinateurs et Graveurs.
Expôs pela 1ª vez em Paris, (1923) e desde aí, por toda a Europa e E.U.A.
Foi pintor de óleos e guaches, desenhador, ilustrador e realizou cartões para Tapeçaria, num registo abstracto e lírico.
Morreu em 1976, em Paris.

Código QR do URL: http://vart.pt/lanskoy-andre/

http://vart.pt/lanskoy-andre/

Não tem um leitor de código QR?
Faça o download em scan.me.