FILIPE, GUILHERME (1897-1971)

Nome Completo: Filipe Teixeira Guilherme

Dados biográficos: Nasceu em Fajão, em 1899. Foi discípulo de Malhoa, A. Conceição e Silva e Sorolla, em Lisboa e Madrid.
Guilherme Filipe, esteve ligado ao movimento “modernista”. Porque o ambiente era negativo , pobre e o auxílio oficial reduzido, queixa-se como Almada, que "é impossível viver em Portugal", para quem tem “esta necessidade imperiosa de criar beleza, para nos morrer nas mãos”, porque o mercado não existia. (in, entrevista ao Diário de Lisboa,26/10/1925)
Viveu em Madrid, entre 1923 e 33, onde Gomez de La Serna, lhe chamava “Filipe el temerário”pois que, este, havia escandalizado o meio madrileno, com um conjunto de obras, onde aparecia, por exemplo, numa série de quadros, um Cristo Negro.
Depois de regressar a Portugal, em 33,continua a pintar paisagens e figuras. A sua paixão pela Nazaré, leva-o a realizar dezenas de paisagens ou figuras, “apontamentos sensíveis e límpidos , nos melhores casos”, porque como também diz José-Augusto França, “Guilherme Filipe foi um artista de qualidade irregular, (... ) No todo um ingénuo de cultura e sensibilidade e um marginal, deslocado em anos de sossego”, in A arte em Portugal no séc. XX.
Morreu em Lisboa, em 1971.

Código QR do URL: http://vart.pt/filipe-guilherme/

http://vart.pt/filipe-guilherme/

Não tem um leitor de código QR?
Faça o download em scan.me.